Estudo 147

“E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho”. [2Reis 2: 11]

O arrebatamento do profeta Elias por um redemoinho ao céu tem sido motivo de variados comentários, todos com o propósito de validar a idéia de que seu arrebatamento foi para leva-lo a glória. Ninguém discorda que um carro de fogo separou Elias de Eliseu quando ambos iam pelo caminho e que um carro de fogo levantou a Elias da face da terra ao céu. Mas, esse céu ser a morada de Deus, isso sim é motivo de discussão. Talvez não de discussão, mas de esclarecimento.

Normalmente formam-se idéias a respeito de uma passagem da Escritura sem que tais idéias sejam exatamente o que o relato diz ou quer dar a entender. Este estudo pretende aclarar o que realmente aconteceu ao profeta, e o leitor facilmente concluirá que a idéia tradicional não está correta quando afirma que o profeta foi levado ao trono de Deus.

Comecemos o estudo com o seguinte subtítulo:

Significado de céu

1) É importante manter em nossa mente que a palavra “céu” nem sempre identifica o lugar onde mora Deus. Essa palavra serve para identificar no mínimo a três céus:

  1. Leia Gênesis 1: 17. Depois que criou o sol e a lua, nosso Deus os colocou “na expansão dos céus”. Isso significa que a expansão (espaço) onde estão os astros é chamado céu.

  2. Leia Gênesis 1: 30. Observe que o texto menciona “a toda ave dos céus”, quer dizer, que voam nos céus, o que nos demonstra que onde voam as aves também é chamado de céu.

  3. Leia 2Corintios 12: 2. Sem nos determos ao assunto sobre o que Paulo está falando, é interessante notar que ele menciona o terceiro céu, que é exatamente aquele onde está o trono celestial de Deus.

Da consideração destes três versículos se pode concluir que existem três céus, o primeiro onde as aves voam, o segundo onde estão os astros e o terceiro onde mora nosso Deus.
Perguntas
: Quantos céus existem no mínimo? Exemplifique

2) Fazendo-se uso da razão pode-se formular pelo menos duas perguntas: A qual desses céus foi arrebatado Elias? A segunda é: O fato de 2Reis declarar que Elias foi arrebatado ao céu, necessariamente significa que esse céu é onde Deus habita?
Se lermos esse texto sem vontade de altera-lo, entenderemos que a narração apenas diz que Elias foi levantado ao céu, mas não diz que o profeta foi levado para onde mora Deus. Ler essa passagem e dizer que o profeta foi levado até lá, é antes de qualquer coisa uma adição mental ao que o texto diz. Acaso não é certo que ao ler o texto imediatamente  salta a imaginação uma cena onde aparece Elias sobre um carro puxado por dois ou quatro cavalos, que velozmente avança para cima até a glória?

Perguntas
: Que perguntas surgem? A que céu foi levantado Elias? O que seria uma adição mental? O que podemos imaginar ao ler essa passagem?

O caso de Elias não é o único nas Escrituras

3) Sim, tal como esse subtítulo diz, o levantamento de Elias ao céu não é o único caso, ao evangelista Felipe aconteceu algo similar: Leia Atos 8: 39, 40.
Outro caso que talvez poderia tornar-se similar é o de Ezequiel: Leia Ezequiel 8: 3. Digo que poderia tornar-se similar simplesmente porque o profeta foi levantado no ar, contudo, não diz se foi mantido imóvel ou se foi levantado para ser transportado a Jerusalém.
A descrição de todo o capítulo 8 poderia sugerir que ele não esteve imóvel, pois se movia de um lugar a outro. Esta conclusão cabe adequadamente dentro das possibilidades. Contudo, o caso de Felipe é mais claro, indicando que ele foi transportado pelo espírito a outro lugar para continuar sua missão evangelística.

Perguntas
: O que aconteceu com Felipe? E com o profeta Ezequiel? Por que o caso de Felipe é mais claro?

Palavras que esclarecem a situação

4) O apóstolo João disse: leia João 3: 13. Ao ler esse texto imediatamente a crença a respeito de Elias ter ido ao terceiro céu soa totalmente incongruente. João disse que “ninguém” subiu ao céu onde mora Deus exceto o Filho de Deus na glória. Convém pois esboçar a situação de maneira que seja mais fácil de entender, para que possamos continuar.
Pergunta
: O que o apóstolo João deixou claro?

Esboço da situação

5) Ao ler 2Reis capítulos 1, 2 e 3 observam-se várias cenas necessárias para entender o que aconteceu a Elias.
O Capítulo 1 diz que Elias profetizou  a morte de Ocozias, rei de Israel. Isto fez pouco antes de ser levantado ao céu. No capítulo 2 é narrado seu arrebatamento, ficando Eliseu como seu sucessor. O capítulo 3 diz que Jorão, sucessor de Ocozias começou a reinar no ano dezoito do reinado de Jeosafá, rei de Judá. Tanto o nome deste rei, Jorão, como o ano em que começou a reinar são importantes para o nosso estudo, portanto não os esqueça.

Perguntas
: Por que é importante a leitura dos capítulos 1, 2 e 3 de 2Reis? O que devemos gravar?

6) Leia 2Reis 8: 16-17. Nesta passagem aparecem dois Jorão: um é o rei de Israel que há cinco anos reinava quando começou a reinar Jorão filho de Jeosafá sobre Judá. De acordo com o capítulo 3: 1 que estamos comentando, o Jorão israelita iniciou seu reinado no ano décimo oitavo do reinado de Jeosafá. Quer dizer então que Jorão filho de Jeosafá começou a reinar sobre Judá no vigésimo terceiro ano do reinado de seu pai. Se isso lhe parece um tanto confuso, não se preocupe, mais adiante ficará mais claro.
Perguntas
: Qual nome aparece duas vezes no capítulo 8 de 2Reis? Em que ano Jorão começou a reinar sobre Judá?

7) Leia 1Reis 22: 42 . Cito este texto para comprovar que Jeosafá reinou vinte e cinco anos. Ademais serve para deixar claro que seu filho Jorão tinha nesse momento uns três anos reinando junto com seu pai. A partir desses três anos tomaria o reino como herança.
Pergunta
: O que nos transmite 2Reis 22: 42?

8) Leia 2Crônicas 21: 1, 12-15. Por favor leia com muita atenção esses versículos, pois estão falando de Jeorão ou Jorão sucessor de Jeosafá. O texto claramente diz que Elias lhe enviou uma carta de sentença, dizendo-lhe que por não haver obedecido a Deus como fez Jeosafá seu pai, morreria de uma dolorosa enfermidade, a qual consistiu de sair-se-lhe os intestinos.
Você notou? Elias enviou uma carta aproximadamente dois anos depois de haver morrido Jeosafá . Quer dizer, Elias foi arrebatado ao céu, não foi levado à glória, como tradicionalmente se crê. Mas foi levantado e transportado de um lugar para outro aqui mesmo na terra.
É interessante observar que no momento de seu levantamento ele morava no reino de Israel. Seu arrebatamento aconteceu no ano dezoito do reinado de Jeosafá. Depois disso desaparece totalmente da narrativa bíblica. Não é mencionado até uns nove anos depois, quando enviou a carta a Jeorão o que aconteceu dois anos da morte de Jeosafá.

Perguntas
: O que diz 2Cronicas 21: 1, 12-15? O que devemos notar nesse texto? O que podemos entender se observarmos bem este texto? Em que ano ocorreu o levantamento (arrebatamento) de Elias? Onde morava ele? Durante quantos anos, nas escrituras, Elias não é mencionado? Como é mencionado depois disso? Elias foi arrebatado para a glória?

Por ANDRÉS MENJÍVAR – http://www.iglededios.org/
Tradução e adaptação: Pb. Sérgio – igreja de Deus (7º dia) em São Paulo